9 Moons o Gin mais caro do Brasil

0
1270

Foto – Divulgação

A Casa Flora importadora de várias bebidas que já traz o gin Martin Miller’s acaba trazer para o Brasil o o exclusivíssimo 9 Moons, o Gin mais caro já vendido por aqui. Seu diferencial? É um  gin envelhecido em um único barril de carvalho, no oeste da Islândia.
O 9 Moons Gin junta-se aos já premiados Martin Miller’s Original e ao Martin Miller’s Westbourne Strengt. Sua versão envelhecida em barril compartilha o mesmo estilo dos demais gins da marca e percorre o mesmo itinerário de quase 5.000km, que separam a Inglaterra da Islândia, locais onde o gin é primeiramente destilado e, depois, viaja para ser diluído com a água mais pura do mundo.
Nesta nova edição, os sentidos são ampliados por uma complexidade mais profunda, proveniente de uma mistura maravilhosa de doçura de baunilha e notas de cremosidade oriundas do barril carvalho.
O 9 Moons surgiu como resultado de algumas criações experimentais de coquetéis elaborados por um grupo de Bartenders de Nova York. Eles colocaram o Martin Miller’s Gin em mini barris, produzindo resultados impressionantes. Apesar disso, o co-fundador da marca, Andreas Versteegh, estava cético no início, mas com suas papilas gustativas intrigadas, se inspirou. Seu aniversário era iminente e, como um deleite para si mesmo, adquiriu uma seleção de barris de carvalho, que então preencheu com gin e armazenou na Islândia.
O processo de criação de 9 Moons envolveu muitos ajustes e testes em vários tipos de barris em busca do equilíbrio perfeito entre sabor e acabamento. A chave era respeitar o gin original e não, através do entusiasmo e do excesso de envelhecimento, criar o que equivalia a um uísque de qualidade duvidosa. Assim, no envelhecimento de Martin Miller’s, buscou-se melhorias mais sutis que acrescentassem profundidade e enfatizassem os sabores já existentes do gin. Os barris foram monitorados e, depois de precisamente 9 meses, ou nove ciclos lunares (9 Moons), um dos barris virgens de Bourbon mostrou um equilíbrio perfeito, mantendo o sabor gin, mas com um pouco de magia adicional, dotada pelos seus nove meses de descanso no seu leito de carvalho.
Normalmente, quando os destilados envelhecem, a regra geral é: quanto mais tempo, melhor. Neste caso, no entanto, “despertar” o gin relativamente cedo de seu sono, demonstrou que a paciência não é tudo. Às vezes, saber quando parar é mais importante.
Por sorte, o clima frio e surpreendentemente seco da Islândia provou ser o ambiente ideal para o envelhecimento do gin, apresentando muitas vantagens. Estas condições deram a capacidade de retardar significativamente o processo de envelhecimento e permitiram a capacidade de medir com precisão o progresso do complexo e intrigante destilado que foi engarrafado nesta ocasião.
Cerca de 2.000 garrafas, cada uma numerada individualmente, foram retiradas de um único barril e depois misturadas com a água da nascente mais pura do mundo, localizada em Borgarnes, na Islândia, adicionando uma qualidade excepcional e
No Brasil, apenas 10 garrafas de 350ml espalhadas por 5 bares selecionados de São Paulo, estarão à disposição (em doses) dos apreciadores de gin. Estima-se que o valor de cada garrafa gire em torno de R$650,00, o que faz do produto o gin mais caro no mercado brasileiro. A importadora, Casa Flora, ainda não tem estimativa de chegada do novo lote.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here