Comprei uma caixa de charutos nas ruas de Havana. Será que ele é falso?

0
1479

Comprei uma caixa de charutos nas ruas de Havana. Será que ele é falso?
Semana passada recebi um e-mail de um apreciador de charutos que esteve em Cuba recentemente. Aproveito para reproduzir o mesmo na forma original.
“Prezado Cesar
Boa noite
Acabei de voltar de Cuba e gostaria de tirar uma dúvida com você.  Passei a virada do ano em Havana e acabei comprando uma caixa de charutos  Partagas Serie D No.  4, um dos meus favoritos, oferecida por uma pessoa na porta do meu hotel. Ele falou que trabalhava com o pessoal da Cooperativa de Tabaco e por isso tinha um preço especial. Realmente, paguei menos da metade do que era pedido na loja La Casa del Habano do meu hotel.
No aeroporto quase perdi a caixa por que me pediram a fatura da loja. Quando cheguei aqui e provei o primeiro achei ele travado demais e bem fraco. Nem parece um Partagas. Será que fui enganado?
Se puder me dizer o que acha agradeço.
Antonio F.”
Entrei em contato com ele e respondi na forma de alguns pontos que gostaria de dividir com todos vocês.
– Charutos na rua – Nunca compre charutos nas ruas, você não sabe a procedência dos mesmos. O verdadeiro charuto cubano só é vendido nas lojas oficiais, La Casa del Habano, outras lojas e no aeroporto.
– Cooperativa do Tabaco – Sim ela existe só que é a do roubo. Um rouba as anilhas, outro as folhas de capa, outro folhas de miolo, mais um pega a caixa vazia e entregam tudo para aquele torcedor aposentado que está em casa sem trabalhar. Ai ele faz o charuto a noite e entrega para outro tipo que é o que vai para a rua fazer a venda. Uma grande cooperativa que funciona muuuuito bem.
– Parente que trabalha na fábrica – Essa era uma versão antiga da cooperativa. Imagina se todos os parentes trabalham na fábrica? Ninguém mais vai ser garçom, taxista, recepcionista etc…
– Não tem controle de qualidade – Seu charuto pareceu travado? Claro, o simpático velhinho torcedor aposentado não tem máquina de fluxo para ver se o charuto está apertado ou com falta de fumo.
– Não parece o blend do Partagas – O pessoal da cooperativa do roubo é muito eficiente, mas pedir que roubem as folhas do blend do Partagas, a caixa original e peçam para o torcedor acertar o blend já é demais não é?
– Quase perdi a caixa no aeroporto por falta de fatura – Você deu sorte por ter comprado só uma caixa. Se tivesse comprado mais elas teriam ficado por lá. A aduana de Cuba só permite a saída de 25 tabacos sem a factura oficial emitida nas Las Casas del Habano.
– Provei o primeiro e estava travado – Fiquei curioso com o segundo, terceiro, quarto e o resto da caixa. Conseguiu fumar? Além de travados e sem o blend do Partagas tinham gosto de tabaco? Te pergunto isso por que as vezes as folhas de miolo do nosso simpático torcedor aposentado acabam e ele vai até o quintal para substituir por hojas de plátano a tradicional folha de bananeira muito comum por lá.  Aguardo sua resposta com curiosidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here