Cutty Sark Prohibition Edition chega ao Brasil

0
109
Cutty Sark Prohibition Edition chega ao Brasil
Foto – Divulgação

Você sabe o que foi o Volstead Act ? O Volstead Act, também conhecido como a Lei Seca Norte-Americana, aconteceu de 1919 a 1933. Era uma lei que proibia o comércio, transporte e produção de quaisquer bebidas “intoxicantes” em todo o território americano. Em outras palavras, tornava o feliz e antes descomplicado ato de degustar uma bebida alcoólica bem mais complicado. Mas, veja bem, não impossível.

Não impossível porque, obviamente, a proibição não impediu que as pessoas buscassem sua dose de alcóol de formas diremos assim, às escondidas. Um exemplo disso eram os rum-nunners  apelido dado aos contrabandistas de bebidas durante o Volstead Act. O mais célebre deles foi William McCoy. A expressão The Real McCoy foi criada naquela época e é até hoje usada pra definir algo de qualidade. E o produto escolhido por William era, justamente, o whisky Cutty Sark.

É em homenagem a esta história que a Cutty Sark lançou seu Cutty Sark Prohibition, blended whisky que acaba de desembarcar no Brasil. A garrafa preta opaca e o rótulo em preto e branco – ao invés do tradicional amarelo – são, inclusive, inspiradas nas garrafas escuras popularmente usadas durante o Volstead Act. A graduação alcoolica de 50% alta para um blend foi proposital. Durante a Lei Seca, as viagens navais para os Estados Unidos eram perigosas. Assim, os contrabandistas preferiam trazer destilados com graduação mais alta.

Todos os single malts utilizados no Cutty Sark Prohibition vem de carvalho americano de primeiro uso que antes contiveram jerez, trazendo notas predominantes de baunilha e toffee. Além disso, o Cutty Sark Prohibition não é filtrado a frio. A filtragem é tradicionalmente usada para remover a turbidez formada quando ésteres e ácidos graxos no whisky se tornam instáveis em graduações alcoólicas mais baixas. Ou seja, para evitar que o whisky fique opaco no copo, quando misturado com água ou gelo. O processo melhora a estética, mas pode remover parte da complexidade de sabores trazidos pelo destilado. Por isso, o Cutty Sark Prohibition não é filtrado a frio. Se aparecer uma leve turbidez, tranquilo! É normal e bem-vinda. O Cutty Sark Prohibition começou a ser vendido no Brasil oficialmente em outubro de 2021, pelo preço médio de R$ 125.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here