Drinks – Novos velhos talentos do Worldclass Brasil

0
726


Semana passada tive o grande prazer de fazer parte da etapa final do concurso Worldclass Brasil promovido pela Diageo, maior empresa de bebidas destiladas do mundo. O objetivo do concurso é selecionar o bartender que irá representar o Brasil na final mundial que este ano acontece na África do Sul.
Na minha opinião o Worldclass atualmente é o melhor concurso do mundo por um simples motivo. São várias etapas e o que faz o ganhador é a somatória de resultados. Desta forma fica muito mais fácil selecionar quem  mantém uma boa média evitando um resultado fantástico ou uma apresentação ruim.
A etapa que fiquei encarregado de julgar foi a de Day Cocktail que consistia na criação de drinks para o dia utilizando o Gin Tanqueray Ten ou o Tequila Don Julio. Foram dez drinks elaborados por bartenders de Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. Entre eles três mulheres, maior contingente até agora no concurso.
Partindo do pressuposto que os dez já tinham sido submetidos a duas outras etapas antes de chegar ali o trabalho ficou muito mais difícil pois a qualidade da apresentação e elaboração dos drinks esteve muito próxima.
O resultado final apontou o jovem Kennedy Nascimento com apenas 22 anos como o grande vencedor. Em segundo lugar Jéssica Sanchez do Copacabana Palace e em terceiro Renato Tavares do hotel  Caesar Park Ipanema.
Kennedy já tinha ficado em segundo lugar por duas vezes no Worldclass e na terça passada foi anunciado como novo responsável pelo bar Riviera que fica na Paulista com  Consolação e tem menu assinado por Alex Atala. Alem do bar ele assume a consultoria e a supervisão dos drinques de todo o Grupo Vegas que tem o bar Z-Carniceria, as baladas Lions, Yacht Club, PanAm e Cine Joia entre outros.
Jéssica começou em São Paulo e logo mudou para o Rio de Janeiro onde passou por alguns bares antes de assumir o comando do Copacabana Palace e Renato do Caesar Park já participou de diversos campeonatos. Alem deles um destaque especial para Alice Guedes do Mesa Bar do Rio de Janeiro que fez um dos melhores drinques na minha opinião juntando Tequila Don Julio com Jerez Pedro Jimenez e Ed Carneiro, do Lord’s Pub, de Campinas que com seu bom humor e taças diferenciadas fez todo mundo rir.
Todos eles são jovens, ousados e criativos e vem participando da maioria dos concursos de coquetelaria no Brasil. Portanto se você encontrar com um deles atrás de um balcão de bar não se surpreenda com a idade pois com certeza vai receber um ótimo coquetel desta que é sem dúvida a nova geração de bartenders do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here