Edições limitadas da Macuca com coco e amendoim são novidades da Cerveja Blumenau

0
63
Foto – Diego Carvalho/Divulgação

O amendoim e o coco são ingredientes chaves de uma das épocas mais esperadas do inverno brasileiro: as celebrações de São João. Mesmo que os eventos não aconteçam pelas consequências da pandemia do novo coronavírus, o sabor das festas certamente será protagonista na casa da população. Em homenagem à data, a Cerveja Blumenau lança esta semana duas novidades em edições limitadas: versões Pé de Moleque e Bala de Coco da Macuca, a Imperial Stout da marca. Os lançamentos já estão à venda para as distribuidoras e devem chegar aos consumidores nos próximos dias. 

Marcos Guerra, cervejeiro da Blumenau, comenta que a ideia é valorizar a celebração nacional mostrando como a cerveja é versátil e se adapta à vários climas e calendários. “Nosso propósito enquanto marca é transformar a forma como as pessoas apreciam a bebida. As combinações da Imperial Stout com amendoim e coco certamente são inéditas para muita gente, que vai sentir isso no paladar”, comenta. “Para quem já aprecia cerveja artesanal, essas duas edições são muito especiais porque, além de terem ficado surpreendentes, também tendem a adquirir novas características com algum tempo de guarda”, diz. 

Foto – Diego Carvalho/Divulgação

Quantidade limitada

As duas tem lotes limitados de 2 mil unidades cada. São comercializadas em garrafas de 500ml e tem 10,5% de teor alcoólico e 80 de IBU (escala de amargor que vai de 0 a 120). A sugestão é que elas sejam consumidas a uma temperatura entre 6°C e 10°C. 

Douglas Merlo, sommelier da Cerveja Blumenau, explica as características de cada uma. “A Macuca Pé de Moleque traz, no olfato, lembranças de paçoca, cacau e amendoim recém tostado, além de tiramissú e frutas escuras. No paladar, é macia e cremosa surpreendendo pela intensidade de baunilha e chocolate amargo, com final onde predomina o sabor do caramelo de pé de moleque e café”, comenta. 

Já a Macuca Bala de Coco, de acordo com Douglas, mostra perfumes de coco queimado, açúcar mascavo e temperos quentes. “No paladar é potente e macia. Tem início doce de melaço e cocada, que rapidamente é equilibrado por uma segunda sensação lembrando tosta. O final é aveludado seguido por um retrogosto adocicado, quente e alcóolico”, finaliza. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here