Entrevista com Juan Lopez VP Gurkha Cigars

0
1095
Entrevista com Juan Lopez VP Gurkha Cigars
Juan Lopez – VP Gurkha Cigars
Foto – Divulgação

Na segunda semana do mês de março de 2020 o Brasil recebeu a visita de Juan Lopez, Vice Presidente da Gurkha Cigars, marca de charutos que está ganhando cada vez mais apreciadores. Ele veio para conhecer o mercado  brasileiro, fazer apresentações em tabacarias e participar da 1ª. Edição do Gurkha Experiênce.

Antes do evento começar conversamos com ele para uma rápida entrevista.

Anilha clássica de Gurkha
Foto – Divulgação

Por que podemos considerar Gurkha como uma marca de luxo no mercado de charutos?

A ideia surgiu com o presidente da companhia Kaizad Hansotia que tinha o sonho de criar uma marca de charutos que deveria ser o  Rolls Royce do mercado de charutos. Em 1989 ele começou com um charuto em um tubo que era saborizado com Cognac Remy Martin Louis XIII e colocou a venda por US$ 12 enquanto naquela época um Davidoff valia US$ 7. Outro ponto importante é que somos uma das poucas companhias que utilizam tabacos envelhecidos com 12, 15, 18 e 21 anos. Alem disso temos uma preocupação muito grande com o acabamento das caixas de charutos. Estas que trazem os charutos com idade lembram caixas de whisky escocês.

ilha clássica de Gurkha
Foto – Divulgação

A elaboração dos charutos utiliza 100% de tabaco 12, 15, 18 e 21 anos?

Não, para cada linha podemos utilizar todas folhas de miolo, ou então a folha de capote ou então uma meia folha de capa. Vai de pender do blend e da idade.

Na sua opinião quanto a caixa importa na venda do charuto?

Ela é fundamental  pois a primeira compra é feita com os olhos mas não adianta nada ter um caixa bonita se o charuto não tiver um blend que agrade ao publico e os charutos tenha sido muito bem feitos.

Gurkha 30 anos
Foto – Divulgação

Durante esta semana de contato com o publico como vê o mercado brasileiro?

Ilimitado, está é a melhor palavra para definir este mercado. É um território excelente para desenvolvermos nossa marca com tantos fumadores interessados em novos charutos.

Atualmente são quantas linhas de charutos e formatos produzidos pela empresa?

Temos três linhas básicas onde as principais são o Core Brands que representa 80% de nossas vendas onde estão os Cellar Reserve, 12, 15, 18 e 21.  Temos a linha Ultra Premium onde estão os charutos mais caros da empresa e a linha de charutos saborizados com Rum, Bourbon e Cognac. No total são mais de 150 apresentações.

Gurkha Nicaragua Series
Foto – Divulgação

Nicaragua Series é o charuto mais forte produzido por Gurkha?

Sim, nossa linha tradicional é de suave a médio, no caso de Nicaragua Series é um blend desenvolvido em conjunto com Eduardo Fernandes da Aganorsa Cigars. É um charuto com capa Corojo, capote e miolo 100% Nicaragua. Ele pode ser encontrado nos formatos Robusto, Corona, Toro, Magnum e Belicoso.

Gurkha Cellar Reserve 15 anos Maduro e Ghost
Foto – Divulgação

Gostaria de saber sobre a utilização de tabaco brasileiro na elaboração do Gurkha.

Atualmente utilizamos fumo Arapiraca em duas linhas de produtos, Gurkha Cellar Reserve 15 Maduro e Ghost. Utilizamos o Arapiraca como folha de capa por que dá um toque adocicado ao blend destes charutos. Mas é bom ressaltar que compramos este tabaco de dois fornecedores diferentes que apresentam também características únicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here