Guardians of the Farm chega ao Brasil

0
401
Foto Divulgação

Em 1998, Eduardo Fernandez foi para a Nicarágua com um sonho: cultivar o melhor fumo do mundo que capturasse a própria essência dos charutos cubanos de outrora. Para fazer isso, ele viajou a Cuba e montou uma equipe de agrônomos cubanos de classe mundial que trabalharam nos níveis mais elevados de Cubatobaco, em muitos casos por mais de meio século, e os trouxe para a Nicarágua. Esses homens supervisionaram a produção de tabaco durante o apogeu dos charutos cubanos, conheciam exatamente o gosto pelo qual eram famosos e reconheceram que podiam recriar o estilo e o aroma da folha cubana usando métodos cubanos tradicionais em conjunto com os recursos disponíveis na Nicarágua.

Mais de 20 anos e inúmeros prêmios depois, Aganorsa Leaf é conhecido em todo o mundo por seu sabor característico que possui todos os grandes atributos do terroir da Nicarágua, juntamente com o aroma e sabor cubano clássico. Como uma empresa verticalmente integrada, a Aganorsa Leaf supervisiona todo o processo de produção – da semente às cinzas – garantindo que cada charuto produza sempre o máximo de prazer.

Guardians of the Farm

o Guardian of the Farm foi criado em homenagem aos American Bulldogs que guardam a fábrica e campos da Aganorsa Leaf na Nicarágua.  Cada bitola tem o nome de um destes protetores caninos, ( JJ, RAMBO, CAMPEON,APOLLO.) .

No Brasil já estão disponíveis três bitolas CAMPEON 52 x 15,2 cm,  JJ 50 x 13,4 cm e RAMBO 48 x 11,4 cm todos em caixa com 25 unidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here