Salve a caipirinha

0
410

caipirinhaNesta semana participei do evento Salve a Caipirinha promovida pela Cachaça Leblon. A idéia do manifesto é conscientizar os apreciadores do drink de que sua receita original, com cachaça, precisa ser respeitada. Atualmente, 60% das caipirinhas no Brasil são feitas com vodka, mas a receita original que está registrada na IBA (International Bartender Association) tem a cachaça como ingrediente base.

A idéia será divulgada nas casas parceiras da marca, nos principais eventos do país e, ainda, entre artistas e formadores de opinião. Assim, a Leblon quer incentivar o consumidor a valorizar um dos mais típicos produtos do Brasil. Além de mostrar que o país possui cachaças de qualidade, produzidas em alambiques e ideais para o preparo da caipirinha.

Confira o Manifesto Salve a Caipirinha:

Salve a Caipirinha

Nós formalmente declaramos que não queremos mais ver nossa caipirinha sendo feita com vodka ou saquê ao invés de cachaça.

Nós não aceitamos que esse drink, famoso e respeitado no mundo inteiro, seja desrespeitado no Brasil.
Não podemos tolerar que matem a alma da caipirinha: a cachaça.

Nós acreditamos que a cachaça deveria ser feita artesanalmente em alambiques tradicionais, e que temos o direito de saber quando ela é produzida em massa.

Nós temos fé que uma caipirinha feita com uma boa cachaça pode ser tão elegante, nobre e suave quanto qualquer outro coquetel.

E assim, convictos dos nossos ideais, acreditamos que agora é a hora de beber a Caipirinha do jeito que ela foi feita.

Com cachaça boa de alambique.

Desta forma, nós salvaremos a Caipirinha.

 

Para participar é só entrar no site: http://www.salveacaipirinha.com.br/

1 COMENTÁRIO

  1. Adorei o seu ponto de vista, juntamente com o deles. Concordo que a caipirinha tem que ser feita do mesmo modo da original.. Mas isso não quer dizer que a vodka tenha que ser ‘tirada de circulação’ da vida de uma caipirinha. HDUSAIOHDUIASHDIUHUI 🙂
    Beijoos
    Mandy

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here