Vinhas Velhas 2018, o sétimo lendário da Miolo

0
135

Do vinhedo de uvas viníferas mais antigo do Brasil, conduzido em espaldeira, é que nasce o Vinhas Velhas Tannat 2018. Filho do tempo e do homem, este vinho é elaborado a partir de uvas cultivadas em plantas enraizadas ainda em 1976. Da Vinícola Almadén, em Santana do Livramento (RS), é um exemplar da persistência de quem transforma a uva em vinhos nobres. O sétimo e último vinho da série The 2018´s Seven Legendaries of Miolo – os Sete Lendários, chega com 6.300 garrafas e uma nova roupagem.

O processo de elaboração deste vinho inicia pela seleção dos cachos, que são desengaçados sem esmagamento, para depois chegar às barricas novas de carvalho francês, onde o vinho permanece por 12 meses, potencializando as virtudes desta casta. Persistente, como a casta pré edita, este vinho é robusto, com alta capacidade de guarda. Com ele, a Miolo completa a série dos Sete Lendários da Safra 2018.

O novo packaging do Vinhas Velhas, imprime sofisticação e modernidade, com detalhes que enobrecem o produto. A comunicação valoriza ainda mais a variedade Tannat, que reina na Campanha Gaúcha. A casta se adaptou muito bem ao solo e clima da região da campanha central, vizinho aos grandes tannats da atualidade, elaborados em solo uruguaio.

Com a série completa, os Sete Lendários formam uma seleção de vinhos nobres colecionáveis, que ajudam a construir a história do vinho brasileiro, mostrando ao mundo que não somente é possível como já é uma realidade fazer vinhos tintos de excelência em diferentes regiões do Brasil. Os rótulos estão à venda nas lojas da vinícola (virtual e física) e no varejo especializado em todo país. Para marcar este momento histórico, está disponível nos mesmos canais, o kit dos Lendários, formado pelos sete ícones, em uma caixa de madeira personalizada.

O vinho

Límpido e brilhante, este vinho apresenta intensa coloração vermelho profundo, com forte reflexos violáceos e densas lágrimas. Seus aromas densos vão do chocolate ao tostado, perfeitamente integrado com aromas de frutas vermelhas maduras que lembram geleias. De corpo intenso e potente, e taninos maduros e envolventes, traz larguíssima persistência gustativa. Ideal ser degustado com temperatura entre 16ºC e 18ºC.

Pratos requintados a base de cordeiro, carneiro ou carnes de caça, por exemplo, harmonizam muito bem com este vinho, além do tradicional churrasco gaúcho e ossobuco. Queijos maduros de massa dura, como parmesão, pecorino e grana padano são boas dicas.

Os Sete Lendários

A Safra 2018 está sendo compartilhada na taça através do lançamento dos ‘Sete Lendários’ da Miolo. The 2018´s Seven Legendaries of Miolo. Os sete grandes vinhos estão sendo lançados ao longo do primeiro semestre de 2020. São rótulos ícones das quatro regiões onde a marca está presente com vinhedos e unidades de produção: Miolo – Vale dos Vinhedos (RS), Terranova – Vale do São Francisco (BA), Fortaleza do Seival / Candiota – Campanha Meridional (RS) e Almadén / Santana do Livramento, Campanha Central (RS).

The 2018´s Seven Legendaries of Miolo surgem justamente para mostrar ao Brasil e ao mundo o potencial do vinho tinto brasileiro. Afinal, são sete vinhos tintos nobres, onde a Miolo é especialista, colocando o Brasil no mapa dos grandes rótulos mundiais.

Lançamentos Safra 2018

  1. Miolo Merlot Terroir – Miolo / Vale dos Vinhedos
  2. Testardi Syrah – Terranova / Vale do São Francisco
  3. Quinta do Seival Cabernet Sauvignon – Seival / Campanha Meridional
  4. Miolo Lote 43 – Miolo / Vale dos Vinhedos
  5. Quinta do Seival Castas Portuguesas – Seival / Campanha Meridional
  6. Sesmarias – Miolo / Campanha Meridional
  7. Vinhas Velhas Tannat – Almadén / Campanha Central

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here